18 de dezembro de 2011

Metas

3478974

  Me perguntaram hoje quais eram minhas metas para o ano que vem, eu não soube dizer. Faz três anos que minha meta é passar no vestibular, antes disso era passar de ano e agora, esse ano entre todas as coisas que mudaram na minha vida mudou isso também. Não sei quais são minhas metas para o ano que vem, sei que vou estar em uma faculdade, sei que quero ter aulas de francês, escrita e talvez dança do ventre, sei que quero juntar dinheiro e viajar, conhecer alguns lugares novos, que vou procurar um emprego e ganhar novas responsabilidades, gostaria também de ser voluntária em algum lugar e quem sabe no fim do ano pudesse fazer um intercâmbio voluntário… Queria sair mais, ir em museus, teatros, cinema e até algumas baladas, queria conhecer gente nova, fazer novas amizades, conhecer alguém especial, viver um romance, experimentar novas comidas, ler muitos livros, ver muitos filmes, escrever um romance… Eu quero muitas coisas. E eu me sinto uma página em branco, com mil possibilidades, mas não sei por onde começar. Parece que fiquei tanto tempo com minha vida parada e que agora estou prestes a apertar play e não sei que filme ver.

  Sem contar que vai ser difícil bater o ano de 2011. Esse ano eu amadureci, rejeitei algumas faculdade, fiz alguns amigos, aprendi um pouco a viver sem meu pai, abri meus horizontes um pouco, me diverti com responsabilidade, aprendi coisas novas, sonhei com coisas velhas, ganhei um pouco de auto confiança e quizá auto estima. Mas como sempre, eu quero é mais! Eu quero tudo! Eu tenho uma sede de vida absurda e sinto como se tivesse pouco tempo para viver tudo o que quero. Mas taí, eu gosto de fazer listas e posso tentar selecionar algumas metas para o ano que vem, espero que possa cumprí-las, porque afinal essa é a tarefa mais difícil.

Nenhum comentário: