27 de abril de 2012

Olhos suspeitos

Sombra-da-minha-sombra

  Seu olhar me intriga. Sempre que estou por perto ele se levanta e com atenção me observa. É quase como se alguém lhe avisasse quando eu estou chegando, você para o que está fazendo, levanta o olhar, me observa passar, e aí volta a fazer o que fazia antes. Não leve a mal, gosto do seu olhar, gosto de ser observada por você, faz com que eu me sinta bem comigo mesmo, faz com que eu sinta como se no passado eu tivesse razão… sempre achei que lá você me olhava também. O que me intriga é que apesar de sua memória ter lhe gritado quem eu era você não fez a mínima questão de ser simpático. Odeio ser simpática sem correspondência. Prefiro guardar essa unilateralidade para minhas paixões platônicas, para o que você já foi. E então seu olhar se levanta cada vez que minha sombra passa, mas seu sorriso se esconde… Parece apenas curiosidade, mas o jeito que seu olhar se demora… Eu devo estar ficando louca! Com vontade de me apaixonar novamente, sendo psicológicamente empurrada para isso. Você é curioso. Se fosse interessado seria mais simpático… Quem sabe? 

Nenhum comentário: