23 de julho de 2012

Como você faz?

 

1412846

  Como você faz para continuar acreditando na justiça quando ela falha com você? Como você faz para continuar acreditando nas pessoas e em um mundo melhor quando as pessoas falham com você? Quando você sofre uma injustiça, alguém que não merece sai ganhando e você sai perdendo, contra todas as evidências e de que aquela pessoas agiu de má fé e você de boa fé, contra todas as evidências de que aquela pessoa tirou vantagem de você, como você faz para continuar seu curso de Direito aí?

  Eu sabia que estava tudo bem demais, e agora levei esse tapa na cara do destino. O processo contra a mulher que roubou dinheiro da minha família deve ser arquivado essa semana, ainda vou checar o detalhes, mas acho que não tem muita saída, acho que só vou checar os detalhes para saber o porquê, matar essa minha sede de razões que justifiquem um absurdo tão grande. Engraçado como alguém pode simplesmente arruinar sua vida. A traição dela quebrou meu coração, agravou meus problemas de autoconfiança, deixou meu pai mais depressivo, me deixou com um nó entalado na garganta, um nó de coisas que eu eu nem sei quais são, mas que eu queria gritar para ela e agora mais essa: agora eu fico assim sem saber exatamente porque acreditar na Justiça, nas pessoas… E volta aquele nó, aquele nó que me enche os olhos de água só de pensar no assunto, só de lembrar da injustiça. Eu não precisava vê-la pagando pelos seus pecados, mas precisava que reconhecessem os pecados dela, que ela reconhecesse que mentiu e mais de uma vez, mas pelo visto não vou ter nem isso. Dói saber isso. Dói pagar uma dívida que não fui eu que fiz.

  Eu que sempre quis salvar o mundo, que sempre quis ajudar os outros começo a não ver ponto nisso, não ver motivo para isso. Afinal é tão difícil conseguir melhorar as coisas, são tantas pessoas lutando contra, ou pior, tantas pessoas que não se importam. E eu que me importo só me machuco… É o mundo as avessas. Droga de mundo as avessas.

Nenhum comentário: