4 de agosto de 2013

Tudo se encaixando

 

felicidade-e-a-certeza-q-nossa-vida-nao-esta-se-passando-inutilmente-erico-verissiompo

  Eu tenho uma tia que sempre comemora todos os aniversários, faz festa junina, dá presentes e está sempre sorrindo, ela sempre diz que é assim pois os momentos felizes temos que criar nós mesmos, pois os tristes vem sem pedir permissão. Eu sempre achei essa frase uma grande verdade, ainda mais na minha vida, onde a mudança chega devagar, sem se fazer notar e de repente toma de assalto toda minha estabilidade. Por isso eu sempre desconfio de periodos de calmaria, pois sempre acho que essa calmaria é anúncio de tempestade, mesmo que nos últimos dois anos as coisas tenham estado relativamente tranquilas.

  Hoje senti uma coisa estranha, estava voltando da praia e senti uma calma enorme, a estrada na minha frente, o sol brilhando no céu e uma paz enorme no meu peito. Foi um momento de felicidade natural, eu tenho tudo no seu devido lugar, eu tenho minha mãe passando por desafogo financeiro, meu irmão trabalhando e ganhando sua carreira, minha avó com saúde, um emprego bacana, estou bem na faculdade, meus amigos por perto… Eu não preciso pedir mais nada. Lógico que eu quero buscar um emprego que pague mais, quero sair mais com meus amigos e as aulas estão prestes a começar, então logo vou precisar dar duro na faculdade. É assustador mudar de emprego, parece um passo enorme, mas sinto que minha perna consegue dar esse passo, me sinto capaz de fazer muitas coisas. Me sinto capaz de mudar de emprego, fazer intercâmbio, viajar pelo Brasil, sair por São Paulos… Não que eu me sinta com coragem, mas sinto que sou capaz de enfrentar qualquer situação, essa viagem me ajudou a perceber isso. Eu disse uma vez que era resiliente, mas estava começando a ficar forte, eu era aquela que aguenta muitos socos, mas estava aprendendo a reagir. Agora eu me sinto forte, eu me sinto capaz de começar uma briga e isso é assustador. É assustador, pois eu sinto que estou estável, em um periodo de calmaria e logo vai vir uma tempestade, mas as tempestades na minha vida nunca se fizeram anunciar por periodos de calmaria, elas chegavam de repente, então talvez eu não tenha o que temer.

  Esse sentimento de hoje, de que tudo está em seu devido lugar foi estranho, foi de satisfação e não estou acostumada a ele, mesmo ele sendo bom. Os seres humanos são seres insatisfeitos, eu sou um exemplo, mesmo satisfeita vou buscar a mudança, a mudança é que me faz crescer, a satisfação é boa, a felicidade… mas eu posso ter mais disso e vou buscar, vou fazer mais momentos felizes, ainda que através de mudanças que assustem.

Nenhum comentário: