16 de agosto de 2015

O que me aguarda amanhã

É difícil deixar para trás algo que foi, ou que é, importante para nós. É difícil sair de um lugar onde me sei querida e competente para abraçar novos desafios cheios de novas inseguranças para mim. É difícil deixar para trás pessoas especiais por quem temos carinho porque sabemos que é o que devemos fazer.

Eu sei que vai ficar tudo bem, que vai dar tudo certo e que eu vou ser feliz, meu problema é outro. Meu problema é a mudança, é não estar mais na minha zona de conforto com pessoas que me entendem tão bem, por quem tenho um carinho imenso. Mais do que medo de não gostar do novo emprego, eu tenho medo de gostar. Medo de esquecer ou passar por cima de tudo o que esse emprego do qual eu saí significa pra mim. Eu tenho medo de esquecer essas pessoas que foram tão importantes na minha vida, medo de que elas deixem de ser importantes.

Eu acho que posso ter um sério problema de apego ao passado. Eu não gosto de seguir em frente por medo de deixar o passado ir embora, mesmo sabendo que este é o certo, o natural... Que vai me fazer bem. Deveria ter um meio termo aí, um jeito de nós sempre seguirmos em frente, mas sem abandonar o que já faz parte de mim. Sem ficar com uma sensação de vazio cada vez que olhamos para trás. 

Eu sei que vai ficar tudo bem, que eu vou ser feliz, mas eu preferia não ter a mudança.



Nenhum comentário: