12 de junho de 2019

Será?

Eu sei que preciso ser forte e esquecer você, mas uma parte grande de mim fica esperando que você me mande uma mensagem me chamando para sair, me desejando por perto, me querendo como eu te quero. Isso talvez nunca aconteça, diz uma parte pequenininha com uma voz abafada. Eu não quero ouvir ela, mas acho que ela é quem tem razão.

Talvez você seja o cara legal que eu acho que você é e simplesmente não queria nada comigo. Mas meu ego não permite que eu racionalize isso, porque eu tenho meu orgulho, sabe? Então fico me perguntando se no fundo você não estava apenas jogando comigo. Talvez você seja um grande babaca e só eu não vi. Traumas de outras vidas, sabe como é. Verdade seja dita, eu não lido muito bem com rejeição, fico achando que alguém tem um problema na equação e como eu não vejo problema nenhum em mim, só pode ser você.

Eu odeio auto piedade, mas nessas horas fico me perguntando se um dia alguém vai me querer. Ser A que um dia vai ser recíproco?

6 de junho de 2019

Tentando me dar limites

Eu abro o aplicativo e vejo que a mensagem chegou. Eu nem estava mais esperando por ela. Tinha entregado os pontos e desistido porque, em determinados momentos da vida, não interessa o que o outro diz ou faz, mas sim o que você faz com isso.

Eu ia deixar rolar e ver onde ia dar, mas então me mostraram que não é bem assim, porque não estou de acordo com qualquer que seja a resposta dele, estou de acordo apenas com uma resposta, um caminho. Então não posso deixar rolar na esperança de as coisas irem para um lado, quando elas estão indo para o outro. Eu se quer teria o direito de me frustrar no final. E para evitar toda uma dor pungente lá na frente, é melhor me dar um limite agora e, se ele não respeitar meu limite, cortar o mal pela raiz.

Então fiquei todo o dia aguardando a resposta dele e ali decidiria se ele vai ou fica. Mas passaram 24h e ele não respondeu nada, então eu tratei isso como resposta. As vezes não mandar mensagem é uma mensagem também. E eu estava triste, gosto de ficar apaixonada e desapaixonar sempre é um pouco melancólico. Mas eu preciso me amar mais, garantir que eu não queira tanto ficar com uma pessoa a ponto de me anular. Ele não é o último cara da face da terra e eu sou uma mulher incrível e vou achar outras pessoas para me fazerem feliz.

Então eu abro o aplicativo e ele me respondeu.

Ele fez graça como sempre e fiquei procurando sinais como sempre. Eu devia me dar mais valor. E eu lembrei disso, então dei risada, chamei ele de besta e arquivei a conversa.